quinta-feira, 6 de julho de 2017

Changes

Às vezes me pego pensando porque não uso mais com frequência o Blog para falar e expor minhas ideias, desabafar e simplesmente por para fora tudo que fervilha na minha cabeça.

Creio que seja, em partes, por imaginar que eu serei censurado, ou talvez extrapole os gigas que posso utilizar, ou mesmo porque ninguém se importa.

Minha vida está muito diferente: casado, com filho, advogando na raça, trabalhando demais, com muito mais preocupações que achava que enfrentaria neste ponto da vida.

Aqui cabe um aparte, eu nunca me imaginei como eu estou atualmente (sim, estou! mudamos constantemente), mas não que isso seja ruim. Eu sempre vivi o presente, sem me importar em fazer grandes planejamentos ou mesmo pensar que haveriam consequências no futuro (minha saúde que o diga).

Atualmente tenho tido uma vida de planejar mais e ser menos impulsivo. Tenho tido alguns avanços, mas não a passos largos, e ainda assim vejo como tenho coisas a mudar.

Eu sou contra mudanças (uso a mesma foto de perfil por uns 10 anos, e é um desenho para não precisar mudar nunca), gosto da zona de conforto e não sou favorável a ficar com novidades. Tenho certeza que fiquei parecendo um cara chato e quadrado, e sou!

Não que eu não mude nunca, mas preciso de tempo para ir me adaptando e fazendo as coisas irem parecendo algo que já existia, e assim eu conseguir me "conformar" mais facilmente. Mas não é fácil!

Chega de escrever, que já tenho outras muitas coisas para fazer, e eu mesmo não acho que alguém vai ter saco para ler tudo isso.

Bjaum

terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Bom voltar

e poder falar um monte de coisa que eu penso!

Primeiro preciso reclamar da merda dessa presidente filha da puta que mentiu deliberadamente e pegou incautos (e isso eu não sou), conquistando a confiança dessas pessoas e agora fudendo o Brasil inteiro.

Passado o momento xingue a presidente, vamos falar de coisas menos ruins.

Janeiro é a segunda feira do ano, aquele mês que ninguém gosta. Nem eu!

Só vejo conta chegando e eu recebendo menos que o normal (profissional liberal se fode com o recesso de fim de ano). IPVA, que esse ano subiu apesar da merda do carro valer menos e ficar mais velho, IPTU e outros impostos, gastos diversos de começo de ano, fora os aumentos de preços em tudo que eu vou pagar.

Acho que tá na hora de mudar de país que esse aqui já não vejo futuro.

Que falta faz a opção master reset no Brasil!

Bjaum

sexta-feira, 16 de março de 2012

Google pau no cu

Vai tomar no cu, Google!

Excluir meus posts quando eu reclamo de plágio daquele conteúdo é o cúmulo do absurdo, ou como diria um grande amigo meu: é o cúmulo do extrume do cavalo!!

Bjaum

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Mudando... de novo!

Estou em uma fase de mudanças.

Com certeza, serão mudanças para melhor.

Só preciso aprender a me organizar mais, já que do jeito que as coisas vão, eu vou acabar me fudendo muito e não vou conseguir realizar merda nenhuma do que eu quero!

Bjaum

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Saudades

Um puta tempo sem postar aqui...

Ando ocupado demais, sem idéias, e usando mais o facebook para me comunicar.

Mas sinto saudades de escrever, tanto aqui quanto no Romance em Versos, e me expressar de forma livre e poética (ou não).

Bjaum

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Vazio

Tenho sentido um grande vazio. Não só no peito, mas na alma.

Talvez seja essa distância da minha casa, já que estou novamente trabalhando em Campinas, e fico por aqui de segunda a sexta.

Por mais que eu goste daqui, tenha amigos, tenha o que fazer, não me sinto completo, parece que algo falta em mim.

Tenho certeza que é porque meu coração fica lá, na minha casa de verdade, com o meu amorzinho.

Não vejo a hora de estarmos juntos sempre.

Bjaum

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Indecisão

Estou em um momento delicado.

Por um lado preciso estar em Campinas, para trabalhar, fazer um esforço para formar minha clientela, que no futuro me trará a minha estabilidade profissional e o meu próprio escritório.

Por outro, sinto falta de estar na minha casa, com minha mulher, saber que eu tenho um lar para onde ir, um lugar que possa me trazer segurança no dia a dia.

Muitas vezes penso se não estou fazendo uma grande besteira em vir para Campinas, acabando por afastar o meu amorzinho de mim.

Outras vezes, penso que isso pode ser a grande mudança para nós dois, um grande passo profissional, e ao mesmo tempo algo nos fará ainda mais próximos, já que construiremos uma vida em comum com tudo novo.

São muitas coisas me atormentando a cabeça, e muito o que pensar. Só queria saber a solução melhor para tudo isso e ter a certeza que estou fazendo o meu amorzinho feliz.

Bjaum