sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Balada

Sou uma pessoa que tem formiga no rabo (ou seja, não consigo ficar parado em casa).

E acho que eu (ou meu amorzinho) matei as formigas...

Perdi o tesão (não o tesão por sexo que isso continua a todo vapor) em sair direto. E isso inclui balada (detalhe que eu amo ir para a balada).

Não que meu amorzinho me proíba (ironic mode on) só que não fica mega feliz de eu ir (ironic mode off), mas eu que não tenho vontade mesmo (fato inédito em minha vida).

No começo do namoro (1º dia para ser mais exato) eu fui para uma balada com um amigo que tinha terminado um namoro (ou noivado, porque eu nunca entendi em que pé estavam eles). Foi beleza, bacana, mas já tinha um sentimento de que faltava alguém do meu lado.

Com um mês de namoro eu fui para outra balada (com a "concordância" do meu amorzinho) e foi uma bosta. Depois dessa, eu perdi a vontade de sair de vez.

Claro que de vez em quando dá aquela coceira de sair, mas só de lembrar do meu amorzinho, isso passa (e bem rápido).

O resultado disso tudo é que a próxima balada que eu irei vai ser muito bem acompanhado do meu amorzinho!!!!

Bjaum

11 comentários:

Bala Salgada disse...

ah Ernani, tá pra nascer mulher q vai ficar contente do cara ir na balada. mas ela não quer ir junto? aí seria legal ne.

Beijão.

Leandro Capilluppi disse...

A melhor mistura: Balada + "Amorzinho".

M. Nilza disse...

Bom dia menino!

Bom senso acima de tudo rsssssssss.
Vá si que é bom , mas leve ser "amorzinho" junto.
Beijos

Sylvia disse...

Nem parece meu filho que só voltava quase de manhã, e quase me matava do coração... (esqueceram de avisá-lo que Graham Bell já inventou o telefone!)

Bjs

Betho disse...

Já que não consegues ficar parado...Que tal participar do 1º Encontro Nacional de Blogueiros + informações no
http://bethosides.blogspot.com/

L. disse...

Depois dá um pulo no blog da Rossana... Tô pagando mico por lá tbm!
Bjim,
L.

Sylvia disse...

Com relação ao seu comentário no meu post, correr num fórmula 1, é uma coisa, correr na cidade, é outra completamente diferente... numa pista, vc tem toda a proteção, e TODOS estão fazendo a mesma coisa que você. Na rua, é uma temeridade... hehehe

bjs

Jose Ramon Santana Vazquez disse...

...palpito
del
poema
hecho
de
versos
ernani
con
tu
alma
siempre
dentro...




dsde mis-----horas rotas----


te sigo ernani neto, comparto


tu blog con un fuerte abrazo


lleno de emociones.



afectuosamene ernani :



jose

ramon...

Fernanda, disse...

Olá Ernani!
Chega uma hora que esfria mesmo.. hoje em dia.. nós dois é muito raro sairmos para a balada.. nem pra barzinhos vamos... :) gostamos mais de ficar em casa e ir na casa dos meus pais e nos dele.

Beijos,

Lilith disse...

Concordo...melhor mistura: balada + amorzinho.

bjus.

Uma Pulga em desesperO disse...

Putz! Eu sei como é isso. Meu namo não gosta de balada e eu gosto, ele não se importa de eu ir com minha amigas, mas é uma merda sair sem ele. Tipo, é estranho! Hugs!